As escolas públicas foram convidadas a criar um Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital das Escolas (PADDE),  que tem por base o quadro conceptual dos documentos orientadores desenvolvidos pela Comissão Europeia, designadamente o DigCompEdu e o DigCompOrg. Deste modo, as áreas de intervenção do PADDE incidirão nos diferentes domínios da organização escolar no âmbito das tecnologias digitais: Envolvimento Profissional, Ensino e Aprendizagem, Avaliação das Aprendizagens, Desenvolvimento Profissional Contínuo e Liderança.

A elaboração deste Plano deve ter em conta diversas etapas, desde:

– recolha de evidências: a partir da informação recolhida por processos de diagnóstico;

– análise dos dados: interpretação e reflexão sobre os resultados alcançados;

– elaboração: definição do Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital;

– implementação: período temporal em que o plano é desenvolvido na prática;

– monitorização das ações e avaliação: aferição e adequação dos níveis de implementação e consecução dos objetivos definidos no plano.

A criação de ecossistemas de desenvolvimento digital deverá considerar que a capacitação dos docentes e de outros profissionais de educação terá um papel determinante no alicerçar da integração transversal das tecnologias de informação e comunicação. Com esta integração pretende-se potenciar os processos de inovação através do digital, nas escolas e adequá-las aos contextos e desafios atuais da nossa sociedade. Nesse sentido, deverão ser definidas metas e planeadas ações para concretizar o Plano, bem como mecanismos de monitorização que possam aferir o progresso e verificar os resultados, como fatores fundamentais para o sucesso da Escola.

O SELFIE é uma iniciativa da Comissão Europeia, tratando-se de uma ferramenta desenvolvida em estreita colaboração com uma equipa de peritos de escolas, ministérios da educação e institutos de investigação de toda a Europa. Foi concebido para ajudar as escolas a incorporar tecnologias digitais no ensino, na aprendizagem e na avaliação dos alunos.

SELFIE


 

A SELFIE tem como principal objetivo apoiar a Escola na conceção e implementação de um Plano de Ação para o Digital, desde o diagnóstico ao desenvolvimento e melhoria das áreas consideradas prioritárias, permitindo assim o desenvolvimento/aperfeiçoamento de Ecossistemas de Desenvolvimento Digital específicos.

Numa primeira fase, serão analisados os resultados obtidos através da ferramenta de diagnóstico, autorreflexão e autoconhecimento SELFIE - ferramenta da Comissão Europeia disponível em português, devidamente testada, validada e implementada em diversos países - concebida para apoiar as escolas no processo de aprendizagem na era digital e que permite identificar os pontos fortes, as áreas que requerem melhoria e as prioridades de cada organização educativa no âmbito do digital.

O SELFIE «Self-reflection on Effective Learning by Fostering Innovation through Educational technologies» é um instrumento de autorreflexão e autoconhecimento concebido para apoiar as escolas no processo de aprendizagem na era digital a incorporar tecnologias digitais no ensino, na aprendizagem e na avaliação das aprendizagens dos alunos. A ferramenta pode realçar o que está a funcionar bem, as áreas que requerem melhorias e quais devem ser as prioridades. O SELFIE apoia a compreender de que forma o Digital está integrado na escola e é utilizado pela comunidade educativa. Utiliza questionários para recolher as opiniões dos dirigentes escolares, professores e alunos, de forma completamente anónima e voluntária, e compila os resultados num relatório interativo que permite identificar os pontos fortes e os pontos fracos sobre a forma como as tecnologias são utilizadas na escola. O SELFIE não mede nem compara os conhecimentos ou as competências dos utilizadores.

SELFIE.png
selfie2.png

SELFIE

SELFIE para Professores​

SELFIE para Coordenadores

SELFIE para Alunos